ESTRUTURA BIOMECÂNICA DOS PÉS

INTRODUÇÃO

              Este trabalho de pesquisa vem apresentar conhecimentos e explicar a estrutura biomecânica dos pés, no desenvolvimento técnico na área da Podologia na hora de fazer procedimentos.
            Visando com isso o bem estar do paciente, proporcionando também esclarecimento e ampliar suas atenções voltadas para a parte mais importante do seu corpo, os Pés.
            E o Podologo ao realizar as atividades possa impedir a evolução de Patologias que venha no futuro desencadear certos traumas. Pois somente conhecendo a estrutura muscular dos pés, esse profissional poderá entender melhor a biomecânica, sabendo diferenciar movimentos e localização dos músculos, tendões e outros sistemas que envolva a estrutura dos Pés.


(www.hotfrog.com.br/empresas/mania .de.pe ...)

HISTORICO
1 – O Pé
               a) - A parte do corpo onde é desencadeada toda a base principal do ser Humano, ao se locomover que desde a Pré-História até hoje é estudado, suas deformações e novas patologias.
               O pé é objeto de estudo, investigação, diagnóstico e tratamento das diferentes patologias que o afetam, sendo este o motivo que originou o aparecimento da ciência, na área da saúde, designada por Podologia. Para se ter uma idéia geral, a podologia envolve a anatomofisiologia, osteoarticular e muscular, a biomecânica fisiológica e patológica, o pé geriátrico, o pé infantil, o calçado terapêutico e desportivo, o pé de risco envolvendo o pé diabético (sendo este alvo de uma grande atenção por parte da Podologia, por ser um caso clínico que exige uma vigilância constante) e o pé neurológico. A podologia tem-se afirmado no mundo e na sociedade, não só como área dinâmica e de desenvolvimento cientifico, mas, principalmente, na prestação de serviço de saúde que passam pelo diagnóstico, prevenção e tratamento com soluções especificas desempenhadas por profissionais licenciados em Podologia.
( www.Guarda.pt/.../importanciadospesedapodologia.aspx..)

b) - Sistema Ósseo:
É composto de uma estrutura ortopédica composta por 26 ossos diferentes, são eles:
Calcâneo (1)
Tálus (1)
Navicular (1)
Cuóide (1)
Cuneiformes (3)
Metatarsos (5)
Falanges Proximais (5)
Falanges Mediais (4)
Falanges Distais (5)
Obs: O único Artelho que não possui falange Medial é o Hálux, popular dedão do pé:
Sob o primeiro metatarso tem 2 pequenos ossos colados chamado de SESAMÓIDES, que não podemos contar como ossos.


(www.msd-brazuil.com/.../imagens/)
c) - Sistema Muscular
Estrutura muscular tem uma formação muito importante, que graça a eles os diversos movimentos podem ser executados. Vejamos alguns:
OBS: Temos 2 maléolos: são aquelas duas saliências que temos entre o pé e o osso da tíbia:
O medial aparece mais acima
O Lateral aparece mais abaixo




Na Parte Superior:

Músculo extensor longo dos dedos do pé;

Músculo extensor breve dos dedos do pé;

Tendão do extensor curto do hálux;

Tendão do tibial anterior;

Tendão do extensor longo dos dedos;

Retináculo superior dos músculos extensores; e,

Retináculo inferior dos músculos extensores.

Na Parte Inferior:

Bainhas fibrosas dos dedos do pé;

Tendão do flexor longo do hálux;

Aponeurose plantar;

Músculo abdutor do hálux;

Músculo flexor curto do hálux;

Músculos lombricais; e,

Ligamento plantar longo.

PÉ – O SUSTENTO DO CORPO




CONCLUSÃO

                A atenção do Podologo deve ser sempre redobrada quanto ao aplicar procedimentos, visando o tratamento de diversas afecções e patologias, cabivéis ao profissional, porque como podemos ver nossos pés é a parte mais importante para a sustentação de um corpo, pois um mau procedimento poderá por em risco o paciente, por isso esse trabalho é importante, cada vez mais é preciso conhecer as funções de ossos e musculos.
              Pois é preciso atuar de forma plena no atendimento, evitando procedimentos incorretos, procurando não aplicar técnicas e produtos não compativéis, para isso é nescessário fazer uma boa anamnese dos pacientes.
               Podendo assim orientar quanto a forma correta de andar, higienizar, cortar as unhas e tipos de sapatos usar. Para isso é muito importante conhecer a biomecânica dos Pés, fazendo parceria junto a Podologia.


REFERÊNCIAS       BIBLIOGRÁFICAS

BEGO, Armando: Tratado de Podologia – Diversos – Ed Yendis, São Paulo, ano 2008, fls 38 e 39;

VIANA, Maria Auxiliadora Fontenelle: Manual de Procedimentos Podológicos, Anatomia – Lithera Maciel Editora Ltda, Congonhas/MG, 3ª Ed, ano 2005, fls 2 a 4;

CRESPO, Xavier: CRUELL,Nuria e Jordi: Atlas de Anatomia e Saúde –Diversos – Bolsa Nacional do Livro, Brasil, ano 2009, fls 37 e 47;

FOTOS

www.msd-brazul.com/../imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário